Introdução à genética do Acará Disco

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Introdução à genética do Acará Disco

Mensagem por Admin em Sex Maio 01, 2015 1:02 am

Introdução à genética do Acará Disco

Cada vez mais pessoas conseguem formar casais e tirar crias de acará disco, mas muitas vezes não sabemos o que sairá de um determinado cruzamento. Atualmente, existe pouca literatura que explique como uma variedade interfere na outra e que resultado teremos disso.
Tentaremos entender como atua cada mutação e o que podemos esperar em cada nova geração.



Primeiramente, vamos entender como atua a genética, e para isso vamos aprender alguns conceitos básicos e a as Leis de Mendel.

Primeira Lei de Mendel ou Lei da Uniformidade da Primeira Geração Filial:

Esta lei nos diz, basicamente, que ao cruzarmos dois indivíduos com o mesmo genótipo para uma determinada característica, seus descendentes ( F1 ) serão todos iguais para esta característica.
Ou seja, AA x AA = 100% AA
Um exemplo prático, se cruzarmos um disco com olhos negros ( AA ) com outro disco com olhos negros ( AA ), todos os seus filhotes terão olhos negros ( AA ).

Segunda Lei de Mendel ou Lei da Segregação de Características Independentes:

Mendel observou que ao cruzar dois indivíduos com genótipo e fenótipos diferentes, na primeira geração obteria filhotes iguais a um dos pais.
Ou seja, AA x aa = 100% Aa



Um exemplo prático, se cruzarmos um disco com olhos negros ( AA ) com outro disco com olhos vermelhos ( aa ), todos os seus filhotes terão olhos negros ( Aa ) pois a característic olhos negros é dominantes sobre a de olhos claros. Eles eles sejam iguais em genótipo, seu fenótipo é diferente, dizemos que les são portadores, no caso, portadores de gen para a cor de olhos vermelhos.
Se cruzarmos os filhotes ( Aa ) deste casal entre si obteremos em F2 255 de AA, 50% Aa e 25% de aa, portanto, somente 25% serão iguais ao avô com gen recessivo.

Terceira Lei de Mendel ou Lei da Herança Independente de Características:

Permite investigar a duas características diferentes.
Cada uma delas se transmite às próximas gerações, segundo as leis anteriores com completa independência entre elas.

Resumindo, quando cruzamos duas linhagens devemos observar em que características elas se diferenciam e como irão se expressar na geração seguinte.
A seguir, alguns conceitos básicos:
Gene: Unidade básica de hereditariedade entre os seres vivos.
Alelo: Cada parte que contém a informação genética do indivíduo, cada indivíduo tem dois alelos para cada característica, na fecundação, somente um alelo é transmitido por indivíduo, com a junção dos dois forma-se a característica da nova geração.
Alelos Dominantes: São os que aparecem no fenótipo dos indivíduos heterozigotos
Alelos Recessivos:
Genótipo: é o conteúdo genético de um indivíduo.
Fenótipo: é a manifestação visível do genótipo.
Heterozigoto: Indivíduo que possui dois alelos diferentes para determinada característica.
Homozigoto: Indivíduo que possui dois alelos iguais para determinada característica.
F1: a primeira geração de um cruzamento.
F2: a segunda geração, que deriva do cruzamento entre F1 x F1, sucessivamente, chamariam-se F3 os filhotes do cruzamento entre F2 x F2.
P: Pais ( matrizes ), são os indivíduos que cruzam para produzirem a geração F1.

Uma vez que nos familiarizamos com algus nomes, podemos entender porque a partir de um disco selvagem, podemos obter as diferentes variedades que temos hoje em dia. Isto se deve à mutações e seleção genética.
Uma mutação é uma alteração ou troca na informação genética ( genótipo ) de um ser vivo, e que, portanto, vai produzir uma mudança de uma ou mais características. Ela pode ocorrer súbita e espontâneamente e pode ser transferida ou herdada pela prole. A unidade genética capaz de sofrer mutação é a unidade de informação hereditária que forma parte do DNA.
Existem muitos tipos de mutação na natureza e, portanto, também nos discos. Vamos nos concentrar apenas nas mutações cromáticas.
Também existe a formação de novas linhagens a partir do aumento ou diminuição das cores do próprio disco selvagem.
Desta forma, podemos falar em dois tipos de hereditariedade:
Hereditariedade de Qualidade: É um fator que ele pode ter ou não, por exemplo, ou ele é pigeon ou não, ou ele é albino ou não.
Hereditariedade de Quantidade: É um fator que você pode ter pouco ou totalmente. Por exemplo, um disco pode ter poucas estrias azuis ( alenquer ), um pouco mais estrias ( Turqueza ), muitas estrias ( Azul Sólido ) ou ser completamente coberto ( Azul Cobalto ).

Admin
Admin

Mensagens : 38
Data de inscrição : 30/04/2015
Localização : Estreito MA

Ver perfil do usuário http://aquamaranhense.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum