Reprodução e Genética do Acará Disco

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Reprodução e Genética do Acará Disco

Mensagem por Admin em Sex Maio 01, 2015 3:01 am

Reprodução e Genética do Acará Disco

O ponto mais importante na reprodução é a seleção de reprodutores, que define o sucesso ou fracasso de um trabalho que pode ser vários anos.
Pela seleção de reprodutores é possível atingir o resultado, as características da prole, que visa promover o tamanho, forma, cor, nadadeiras, etc.
A criação seletiva é aquela que é aquela que é feita pelos criadores através da seleção de indivíduos para atingir um determinado propósito.

Os resultados dependerão do que se está procurando, do tempo para anotações e da escolha das matrizes. Existem resultados que sepodem ver em poucos dias de nado livre, outros só quando começarem a se reproduzir e outros mais somente nas próximas gerações.

A selecção de um reprodutor começa com a escolha de seus pais, e não apenas comentários gerais e sempre que possível em seu fenótipo, entre outras coisas igualmente tidas em conta, genótipo, história que pertence a sua saúde, o caráter, como eles interagem, o comportamento em caso de aumento e os resultados diferentes em suas produções, etc

Geralmente, o criador cuidadoso observa as ninhadas, procura por peixes jovens em busca daqueles que se destacam, que se projetam do resto, também esperando encontrar alguma surpresa, que no futuro se tornar parte da sua lista.
Pela seleção de indivíduos podemos melhorar uma variedade assim como obter novas variedades.
À primeira vista podemos dizer que red melon com red Melon = red Melon, porém, existe uma história por trás de cada reprodutor, escondida em traços genéticos, que poderão ser vistas em seus descendentes.

Para um exemplo prático, se tomarmos um par de Red Melon, a fêmea quase roxa com a cabeça clara e um macho mais claro irão produzir excelentes Melon, com a cabeça clara e o corpo em vermelho sangue. A intensidade da cor vermelha que venha da fêmea dará uma cor bem mais bonita para os filhotes do que a cor do pai, por outro lado, este garantirá o tom claro na cabeça do peixe.

Alguns esclarecimentos:
Genótipo: o conteúdo genético do indivíduo.
Fenótipo: manifestação visível do genótipo.
F1: primeira geração.
F2: segunda geração.

Para os cruzamentos seletivos, temos três métodos de passagem de genes, são eles:

In breeding :
Cruzamento entre pais e filhos ou entre irmão, para este, devemos escolher excelentes reprodutores pois as características dominantes serão acentuadas porém os defeitos também.

Line Breeding :
Cruzamento entre indivíduos que tem antepassados semelhantes ( de segunda ou terceira geração, normalmente ), com este tipo conseguem-se peixes extremamente homogênes entre si, ideal para fixar linhagens.

Out cross :
Cruzamento entre indivíduos sem parentesco entre si. pode-se perder algumas características e criar muitos descendentes com diferenças entre si e entre os pais, deve-se fazer em uma linhagem igual ou semelhante. É frequentemente utilizada quando a endogamia está muito grande.

Embora existam três diferentes métodos de cruzamento podem e são muitas vezes combinados com um propósito bem definido, utilizando-os como a propriedade, requisitos e resultados de cada método.

Podemos ver que mesmo com um fenótipo bastante similar aos nossos olhos podemos ter crias com diferenças, por exemplo, um com barras de stress e outros não.

Agora veremos que mesmo com peixes completamente diferentes, podemos obter peixes completamente iguais entre si na F1, mas para dificultar um pouco, iremos adicionar dois elementos, que estão entre as mais importantes na criação do disco, a intuição ea intervenção.

Por exemplo, uma fêmea de Red Alenquer perfeita, excelente formato, cores, carcterísticas, porém sem uma macho à sua altura. Porém, havia um macho de alenquer albino muito parecido com ela na questão de cores e formato, resolvemos, então, juntar os dois.
Reunindo este casal, nós podemos ter os filhotes com as carcterísticas desejadas da mãe ( cores e listas ) como fenótipo. Desta forma teremos peixes de qualidade e sem perder o gen albino que está nos peixes e pode ser recuperados na geração seguinte. Com o gen albino isolado, ele pode ser trabalhado em outras variedades e termos resultados diversificados que podem nos proporcionar grata surpresa. É desta forma que os asiáticos produzem as variedades híbridas que conhecemos atualmente, que chegam ao brasil como importados.

Se observamos que a fêmea á AA e o macho aa, teremos na primeira geração Aa 100 % iguais à mãe. Se cruzarmos F1 x F1, teremos na F2 25% de Alenquer puros, 50% de portadores de albinismo e 25% de albinos.

Fotos do Alenquer normal ( AA )




Fotos do Alenquer albino ( aa )






Espero q os Amigos Gostem
Com o Tempo Vo Postando Aqui no Forum como foi surgindo as diferentes variantes de Acara Disco, para q todos percebam q nw existe disco puro e sim todo um trabalho genetico de misturas erros e acertos ate chegar nos Redondos Rei dos Aquarios !

Admin
Admin

Mensagens : 38
Data de inscrição : 30/04/2015
Localização : Estreito MA

Ver perfil do usuário http://aquamaranhense.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum